Curriculo em 2012

Featured

Oi,

antes de mais seja bem vindo ao nosso site – aqui você poderá encontrar muitas dicas, modelos, tutoriais, exemplos e tudo o que você necessita para fazer um curriculo.

Nota: Os seguintes termos referem-se a mesma coisa – curriculum, curriculum vitae, CV, currículo. Por essa razão nos vamos usar todas essas denominações – considere-as como equivalentes.

curriculo ou curriculum?

Esta pergunta surge na cabeça de muitos de nós … será “currículo” ou “curriculum”. Existe uma resposta certa?

Bem na verdade se você consultar os classificados hoje em dia você verá essas e algumas outras formas de se referir ao mesmo documento: Currículo, Curriculum, CV, Curriculum Vitae, Currículo, Curriculo Vitae. E, apesar de todas elas serem comuns existe uma dessas ultimas que está errada! Você já descubriu qual? É fácil não é? Você não pode (deve) misturar as duas línguas (latim e português) logo a versão errada é a “Currículo Vitae”.

Que tamanho deve ter o meu curriculo?

Isso é bastante relativo e depende um pouco da cultura. Mas, sem correr grandes riscos, podemos afirmar que o máximo será duas páginas.

Se você puder ter toda a informação necessária em 1 pagina – otimo! Senão duas páginas é aceitável. Lembre-se que as entidades empregadoras recebem dezenas ou centenas de curriculos …. logo não têm tempo para ler 10 páginas por CV.

Pode, por vezes (especialmente quando lhe será pedido), enviar copias ou digitalizações de eventuais certificados de estudos, diplomas, cartas de recomendação, etc.

Como faço para começar a escrever o meu curriculo?

Isso é mais fácil do que você pensa. Em primeiro lugar você tem que fazer uma lista de:

  • qualificações académicas
  • realizações
  • experiência

De seguida você tem que escolher as partes as quais você quer dar mais destaque. Lembre-se de uma coisa muito importante – você é único e importante – não se subestime. Não se esqueça de verificar as datas de todos os estudos, certificados, experiências anteriores, etc.

Quando devo usar um curriculo?

Você deve enviar seu curriculum vitae sempre que um empregador o peça (por norma pede de forma mais ou menos direta) ou sempre que você se esteja a fazer uma candidatura espontânea. Se, por outro lado, o empregador pede para você preencher um formulário então aí você deve usar esse formulário e não enviar o seu currículo.

 

O que é um curriculo

Olhe para o seu currículo como o primeiro passo de uma campanha de marketing pessoal para um potencial empregador. Imagine que este documento é o seu anúncio pessoal e que este anúncio tem que ser:

  • bem apresentado
  • interessante
  • fácil e rápido para leitura

Repare também que toda a informação no seu curriculo deve ser verdadeira – não se deixe tentar em mentir no seu CV pois, mais cedo ou mais tarde, você vai acabar por ser descoberto!